Os 15 anos dos sonhos

Depois da saga  ter terminado, eu decidi relatar toda a correria e sensação de realização que tivemos há 15 dias. Quem tem uma filha mulher e que sonha em ter uma festa de 15 anos, já passou ou vai passar por isso. Logo, vim aqui ajudar vocês. E tranqüilizar também.

Minha filha sempre quis festa. Com 9 anos eu comecei a guardar dinheiro em uma poupança para realizar o sonho dela. Sempre soube que eu não teria a ajuda e o apoio financeiro que eu ia precisar do pai dela, logo, decidi que mesmo que ele não ajudasse eu iria realizar esse sonho.

Com 13 anos eu consegui fechar o salão com Buffet, ornamentação e DJ. Um salão lindo, que ela amou e era dentro das minhas condições. Fechei o salão e comecei a pagar. E aí veio a parte “chata” e legal ao mesmo tempo. São muitos detalhes. Ela queria os dois vestidos. Lembrancinha, adereços para a pista de dança, clipe, foto, filmagem… com certeza esqueci de citar algo. Mas vamos lá!

O primeiro passo foi fechar o fotógrafo a filmagem, pois eram duas coisas importantes. Fiz isso e já parcelei em todas as vezes que eram possíveis, já que eu tive bastante tempo até o dia da festa. Depois fomos comprando, aos poucos, os adereços, moro no Rio de Janeiro, e a cada mês íamos ao mercadão de Madureira comprar algumas coisas. Assim não ficava tão pesado e eu conseguia administrar tudo que eu precisava pagar ainda.

Depois de encerrar essa parte, fomos atrás das lembranças para os homenageados, ela decidiu dar um presente para cada, era uma caixa linda, para os homens com itens masculinos e para as mulheres com hidratante, pulseira e creme para os pés, que eram relaxantes. Mais uma parte finalizada.

Com uns 6 meses de antecedência fechamos o cerimonialista, que realizaria toda a parte do cerimonial e fomos atrás dos dois vestidos. Ela é muito “chata” para escolher roupa. Gostou do primeiro vestido, que era rosa, em uma loja e o branco demorou cerca de 1 mês para, enfim, gostar de um. Mais uma etapa concluída.

Faltando três meses marcamos o clipe, que passaria na hora do cerimonial. Ela não quis nada filmado no Jardim botânico, parque lage, praia… escolheu um clipe mais radical. Quia andar de jetsky, kart, patinação no gelo e voar de asa delta. Demoramos duas semanas para completar toda a filmagem do clipe. Foi muito cansativo, mas valeu a pena demais. O que mais gostou foi a parte de voar de asa delta, foi lá em São Conrado, uma vista incrível e disse que foi uma das melhores sensações que já sentiu. Nós, mães, que estamos realizando o sonho de uma filha, é gratificante demais ver a felicidade delas.

O que deixamos por último foi a compra dos chinelos para as convidadas. Mas isso conseguimos uma gráfica que fazia e entregava muito rápido, como decidimos em cima da hora o que seria, não tivemos problema com isso. Mas aí precisa ver se onde voc~e mora tem algum lugar que faça isso de forma rápida. Alguns lugares que procurei levariam mais tempo e não tinha como eu aguardar.

dentista campo grande

Outra coisa também que contratei e os convidados adoraram, foi o totem de fotos. Isso foi sucesso, porque os convidados levam as fotos para a casa. E fica como lembrança daquele dia. Achei que foi um ótimo investimento também.

Umas semanas antes minha filha cismou de fazer um clareamento dental também, porque tinha usado aparelho até os 14 anos e os dentes, realmente, ficam meio amarelados. Moramos em Bangu, zona oeste do Rio de Janeiro, mas procuramos dentista campo grande, foi uma indicação e ela ficou muito feliz com o resultado. Os dentes ficaram lindos e branquinhos. Equipe nota mil.

Tivemos um problemainha na festa, as flores que eu tinha encomendado para as avós e para a madrinha não chegaram. A chuva estava muito forte e eles não conseguiram entregar, pois a moto do motoqueiro da floricultura quebrou. Por isso eu deixo a dica de que se for dar algo que vá entregar na hora, deixe sempre uma alternativa B, é melhor entregar duas coisas do que não entregar nada e estragar a noite. Como tínhamos feito os kits para as homenageadas, tinha o kit para elas também, só iríamos acrescentar com as flores. Pois gostaríamos de agradecer por tudo que elas já tinham feito de outra forma. Mas isso não mudou e nem tirou a emoção do momento.

Problemas podem acontecer, basta você ter calma e um plano B para que sua filha não perceba ou que algo posso ocupar o espaço do “problema”. Pare e pense em todo o tempo e dinheiro que você dedicou para aquele momento, logo, não se estresse a toa, curta muito, deixe que as coisas vão acontecer e faça valer a pena as horas que tem dedicadas àquilo.

E se sua filha quer e você pode, faça. Tem menina que quer viajar, mas tem outras que sonham coma  festa e você não deve mudar o foco dela porque você acha besteira. Já pensou que viajar ela pode viajar com qualquer idade? Mas o sonho dos 15 anos ela não pode realizar depois. Então não tente transportar seu sonho para ela. Se você tem condições de realizar, faça sim, porque o sorriso no rosto dela vai pagar tudo depois. Foi muito cansativo, mas eu ficava igual uma boba durante a festa admirando as atitudes dela. Foi tudo lindo e eu tive a sensação de que o sonho dela, de fato, estava ali, naquelas horas de festa. No final, ela me abraçou, me beijou e agradeceu muito pela festa. Disse que superou as expectativas dela e que estava muito feliz com o resultado e sem o meu esforço e apoio tudo aquilo não ia ser possível de acontecer. Satisfação mil, esqueci na hora de todo o dinheiro que investi e todos os dias que acordei cedo para resolver as coisas.

 


Fatal error: Call to undefined function nadzhq_paging_nav() in /home/starlig2/public_html/wp-content/themes/nadzhq-minimal/archive.php on line 36